Resumo Artigo 1:

Hunter (professor do Instituto da Tecnologia da Universidade de Ontario) tinha um monte de leitura e muito pensamento para fazer e ele tinha uma obrigação (como parte de seu contrato de trabalho) para fazer uso efetivo da tecnologia em seus ensinamentos. Ele pensou que o Twitter poderia até ser mais fácil de usar e com um alcance bom, só que essa plataforma estava limitada a apenas 140 caracteres e não era apropriada para fins acadêmicos. Logo se viu então a plataforma da Wiki como uma solução, mesmo sendo um pouco difícil de manuseá-la era preciso mostrar aos alunos a aprender a dominar a plataforma. Viu se então que era necessária os próprios alunos mexerem na página. Hunter viu uma oportunidade colocando tanta informação e pesquisa dos próprios alunos que dividiam seus conhecimentos, e ajudaria aos futuros alunos dos cursos por terem material para estudar.

Hunter fez analises para ver se estava funcionando sua ideia de utilizar a Wiki nos estudos. Ele queria ver quais eram as contribuições dos alunos , sugestões, dúvidas, ele queria também incentivar os alunos já que seus textos poderiam ser lidos no futuro por outros estudantes, credibilizando seus trabalhos. No começo foi difícil mexer na plataforma, mas com o tempo tiveram facilidade. Um ponto que ajudou foi o guia de auto ajuda feito por Hunter.Com isso percebeu que a Wiki ajudou os alunos a difundirem seus estudos e contribuições de trabalhos já feitos e supervisionados pelos professores. O papel do professor é criar uma atmosfera de confiança que estimule estudantes para mudar as contribuições dos pares e modificar o conteúdo criado por outros para o benefício do grupo. Os professores também devem fornecer orientações específicas para ajudar os alunos no processo de redação e edição de pares.

Artigo 2

É certo que as escolas precisam de uma evolução visto o conjunto atual de sociedade global orientada para a informação. Utilizando mais as tecnologias expostas, mostra uma experiência de aprendizagem onde os professores aprendem a fornecer a seus alunos novas configurações educacionais onde a tecnologia está habilitada. Porém uma dúvida sempre vem à tona: A questão da preocupação em como inovar a didática online ultrapassando os modelos de instrução tradicionais que melhor desenvolvem a aprendizagem dos alunos.

As Wikis representam um exemplo de uma das ferramentas online para desenvolver atividades colaborativas . Através desta ferramenta, os alunos podem adicionar, editar, excluir e comparar versões anteriores do trabalho dos alunos acessando a página do histórico ao longo do tempo que poderia fornecer visão do processo de construção do conhecimento. Portanto, Wikis inclui atividades que irão envolver os alunos na construção de “conhecimento pessoal” e “coletivo” (Boulos, Maramba & Wheeler, 2006), ou o que é conhecido como 'tática' e 'conhecimento explícito' (Nonaka & Takeuchi (1995). Observando na essência da palavra “Wiki”, deriva das palavras havaianas “wee kee wee kee”, o que significa “rapidamente”, foi amplamente utilizado nas instituições de ensino para definir uma ferramenta de hipertexto baseada na web para apoiar a comunidade.

O KM é um termo geralmente vinculado ao campo de gestão empresarial. Bassi (1999) definiu KM como o processo de criação, captura e uso do conhecimento para melhorar o desempenho organizacional.Seria um processo organizado e sistemático de geração e disseminação informações, bem como usar conhecimento tácito e explícito para alcançar uma vantagem competitiva. Mesmo o KM sendo usado na parte empresarial, ela pode também ser usada para fins acadêmicos . Seguindo os passos: aquisição de conhecimento, internalização do conhecimento, criação de conhecimento, compartilhamento de conhecimentos, Aplicação de conhecimento e processo de inovação. * Foi feito um questionário que abordava os seguintes aspectos: Ferramenta Wiki (6 itens, por exemplo: “O uso do Wiki me ajudou a compartilhar ideias com o outro estudantes ”; “Eu aprendi por causa da informação postada por outros alunos” no Wiki “; “Uso de o Wiki promoveu o aprendizado colaborativo ”); 2) Material didático (5 itens, por exemplo: “o material didático estava limpo”, “o material didático foi útil ”; “O material didático deu ideias para o ensino”); 3) Professor (9 itens, por exemplo: “o professor incentivou os participantes a expressarem ideias”; professor estimulou a cooperação entre os participantes ”; “O professor deu feedback durante as atividades ”) Então visto a importância da Wiki na aprendizagem dos alunos, os professores devem observar que é uma ferramenta que poderá ajuda los na difusão dos estudos. Programas de educação de professores são considerados ótimas oportunidades para desenvolver habilidades profissionais necessário para o futuro local de trabalho.

Artigo 3

Esse texto mostra uma avaliação para perceber se o uso da Wiki é proveitoso ou não. Enquanto muitas pessoas dizem que a Wiki é muito boa para os estudos, outras já dizem que possui uma barreira frágil em relação a veracidade dos textos que ali são postados. Exemplo: caso um estudante ativo e preocupado faça um texto bom, pode ter o risco de sua obra ser alterada por alguém ou copiada sem dar os respectivos direitos autorais, e isso as vezes descredibiliza o uso das Wikis. Então esse artigo propõe métodos de instrução baseados na literatura, re- visado com base na contribuição de dois instrutores especialistas, apresenta a evidência empírica coletada sobre o efeitos desses métodos e propõe orientações para futuros aprimoramentos no uso das Wikis. Concluindo, esse artigo propõe uma teoria instrucional para ajudar nos estudos colaborativos com sugestões para implementação futura e fornece uma lente para entender como os alunos se comportam em wikis e como as experiências dos instrutores projetam seu uso de wikis para os estudos colaborativos. Essa pesquisa futura precisa investigar como os métodos de instrução podem ser melhorados com base nas instruções sugeridas para o seu redesenho e para oferecer evidências empíricas de vários contextos para aumentar a generalização.

Artigo 4: Melhorando a Educação e Compreensão da Ciência através da edição da Wikipédia

A Wikipédia é uma plataforma altamente visível e aberta na Internet para comunicar informações ao público geral e técnico. Fundada em 2001, a Wikipedia é agora o sétimo site mais acessado na Internet, contendo mais de 3 milhões de artigos em inglês, com entradas disponíveis em 270 idiomas. Um estudo recente que compara artigos científicos na Wikipedia e Encyclopædia Britannica mostrou que o conteúdo examinado era igualmente preciso. O formato da Wikipédia foi concebido para que qualquer pessoa possa criar ou editar uma entrada com instrução mínima e as entradas podem ser facilmente interligadas através de links. Além disso, as edições para cada entrada são rastreadas, fornecendo um histórico de todas as mudanças. Este artigo descreve um projeto de classe que permite que os alunos explorem conceitos avançados em química e aprendam a comunicar ciência para um público diversificado, editando de forma colaborativa uma entrada em Wikipedia.org

Estrutura do Projeto

Em um semestre foram realizadas algumas atividades, dentre elas são:

• Os alunos foram divididos em grupos

• Cada grupo estudantil apresentou três tópicos potenciais que estavam relacionados ao material do curso e não estavam adequadamente descrito no Wikipédia.

• O instrutor de pós-graduação e Professor selecionou o tópico final de cada lista.

• Um esboço do texto de entrada proposto pelo grupo foi enviado para revisão e comentários.

• Uma demonstração em sala de aula sobre como editar a Wikipedia foi apresentado.

• os alunos apresentaram a entrada proposta usando o Recurso “sandbox” da Wikipédia.

• os grupos apresentaram sua entrada final na aula, comparando a entrada antes e depois das alterações foram feitas, mostrando relevância do tópico para o curso e sugerindo adições futuras.

Avaliação do Projeto

A avaliação baseou-se na conclusão dos critérios atribuídos dentro da entrada de um grupo e na qualidade da apresentação em sala de aula. Os critérios atribuídos seguem:

• Um mínimo de oito referências devem ser adicionadas.

• Um mínimo de três seções devem ser adicionadas, incluindo um parágrafo introdutório destinado ao público em geral.

• Um mínimo de três figuras ou esquemas originais que melhoram explicações sobre o assunto devem ser adicionadas.

• Os hiperlinks devem ser incluídos na entrada do projeto de outros entradas relacionadas, bem como links para tópicos relacionados dentro do entrada do projeto.

Avaliação do Projeto

Os alunos estavam geralmente muito entusiasmados ao fazer o projeto e foram motivados pela visibilidade de seus esforços. Com base em feedback escrito de resposta aberta na conclusão do projeto no outono de 2008, os alunos relataram que eles adquiriram uma maior compreensão de seu tópico e aprenderam como comunicar conceitos avançados em ciência para o público em geral.

Artigo 5: Motivação dos alunos para a utilização da tecnologia wiki: um estudo prático no ensino superior

As competências que os alunos devem alcançar na sua aprendizagem podem ser melhoradas ou facilitadas por meio de métodos pedagógicos que utilizam novas Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs). No entanto, quando se pretende utilizar qualquer tecnologia no processo ensino-aprendizagem, o professor deve ter em conta a sua integração em uma perspetiva pedagógica para que esse uso seja o mais adequado possível. O wiki é considerado uma tecnologia útil no processo EA, permitindo ajudar a criação de um ambiente dinâmico e colaborativo por meio da comunicação, troca de ideias e partilha de conhecimento. A aceitação, em geral, de tecnologias, é normalmente avaliada através de modelos teóricos como, por exemplo, o Technology Acceptance Model (TAM).

Motivação dos utilizadores para o uso de tecnologias

Segundo o modelo TAM, a motivação dos utilizadores para o uso de tecnologias é determinada por três variáveis: facilidade de utilização percebida – Perceived Ease Of Use (PEOU), utilidade percebida – Perceived Usefulness (PU) e a atitude para utilizar – Attitude Toward Using (ATU). Essas variáveis, por sua vez, são influenciadas por outras variáveis externas (X1, X2 eX3) e contribuem para a utilização do Sistema – Actual System Use (ASU) (DAVIS, 1986).

A facilidade de utilização percebida (PEOU) é definida como o grau em que um indivíduo acredita que o uso de um determinado sistema é intuitivo, não exigindo grande esforço (DAVIS, 1986; 1989), podendo ser influenciado por variáveis externas. A utilidade percebida (PU) é definida como o grau em que um indivíduo acredita que a utilização do sistema contribui para aumentar o desempenho do seu trabalho (DAVIS; BAGOZZI; WARSHAW, 1989). Pode ser influenciada por variáveis externas e pela PEOU, dado que tecnologias percebidas como mais fáceis de usar tendem a ser vistas como mais úteis.

A atitude para utilizar (ATU) é definida como um sentimento positivo ou negativo de um indivíduo sobre a utilização do sistema (DAVIS, 1986; 1989; DAVIS; BAGOZZI et al., 1989) e é influenciada pelas duas variáveis anteriores. Finalmente, o segundo o modelo, a utilização da tecnologia (ASU), depende da motivação do indivíduo para a utilizar a ferramenta através da sua atitude, expressa pela variável ATU.

Wikis no processo ensino- aprendizagem

O wiki é uma tecnologia Web 2.0 que possibilita a construção de repositórios de conheci- mento baseado num conjunto de páginas Web interligadas (FRANKLIN; HARMELEN, 2007; GROSSECK, 2009; KEAR et al., 2010), podendo ser visualizadas, criadas, editadas e modificadas por qualquer utilizador através de um editor de texto (DE PEDRO et al., 2006; KEAR et al., 2010). Esse conceito foi criado por Ward Cunningham em 1995 (ZEINSTEJER, 2008) e a sua filosofia consiste em manter um espaço na Web completamente aberto, onde qualquer utilizador pode modificar, estruturar e organizar documentos de diversas formas (KEAR et al., 2010).

No processo ensino-aprendizagem, os wikis permitem ajudar na criação de um ambiente dinâmico e colaborativo de aprendizagem, através da discussão aberta e da troca de ideias e de opiniões, no qual os alunos podem ter uma participação ativa na criação do conhecimento (MEYER, 2010; SU; BEAUMONT, 2010; LAI; NG, 2011). Os wikis proporcionam novas formas de aprendizagem em uma lógica democrática e centrada no aluno (KEAR et al., 2010). Dessa forma, é considerado como uma ferramenta útil no processo EA, promovendo a escrita e a aprendizagem colaborativa, ao mesmo tempo em que potencializa a criatividade de cada utilizador (CRESS; KIMMERLE, 2008). Algumas das vantagens da utilização de wikis em contexto EA são: (i) permitir a colaboração conjunta e promover a partilha de conteúdos (GROSSECK, 2009; KEAR et al., 2010); (ii) controlar o acesso aos recursos através da autenticação dos utilizadores (GROSSECK, 2009; KEAR et al., 2010); (iii) possibilitar a avaliação da participação individual de cada utilizador (DE PEDRO et al., 2006; CHU, 2008); (iv) possibilitar a visualização das alterações introduzidas e a recuperação de conteúdo removido ou modificado (DE PEDRO et al., 2006), e (iv) permitir o acesso ao histórico dos conteúdos (quem colocou o quê e quando) (DE PEDRO et al., 2006).

As desvantagens da utilização de wikis referidas por alguns autores são: (i) ser, por vezes, difícil a compreensão dos conteúdos editados por outras pessoas (LAI; NG, 2011); (ii) ser necessário conhecer as ferramentas de edição de texto (DE PEDRO et al., 2006; CHU, 2008; KEAR et al., 2010); (iii) existir o receio de que outras pessoas vejam o trabalho que ainda não está acabado (DE PEDRO et al., 2006), e (iv) ser, por vezes, difícil de avaliar a qualidade de alguns conteúdos (GROSSECK, 2009).

Conclusões

O wiki é uma tecnologia Web 2.0 que, segundo diversos estudos, apresenta inúmeras vantagens quando utilizada no contexto de ensino-aprendizagem (EA), permitindo a seus autores a troca de experiências através da edição, organização e partilha de conteúdos. O presente trabalho teve como objetivo avaliar a motivação da utilização dessa ferramenta por parte de um grupo de alunos da área tecnológica, no contexto de uma Unidade Curricular (UC) no ensino superior, e compará-la entre os alunos que pretendem usar a ferramenta para realizar um determinado trabalho de grupo com os que não pretendem fazer uso dessa tecnologia.

Verificou-se que, embora nunca tivessem editado um wiki antes da experiência levada a cabo no âmbito deste projeto, a grande maioria dos alunos não sentiu dificuldades na sua utilização, considerando a ferramenta útil para a sua aprendizagem. Em particular, os dados revelaram uma postura positiva por parte dos entrevistados quando questionados a respeito da motivação para utilizar wikis no processo E/A. Os itens relativos à facilidade de utilização percebida foram, de forma geral, os mais bem classificados. Os itens relativos à utilidade percebida mais bem classificados foram: (i) a promoção da aprendizagem através dos conteúdos colocados pelos outros; (ii) a não dependência da presença física nem dos horários de todos para realizar trabalhos de grupo, e (iii) a utilidade geral da ferramenta.

Os itens relativos à atitude para utilizar foram, no geral, pontuados com níveis mais baixos do que os restantes, o que pode estar associado ao receio, manifestado por alguns alunos, de expor o trabalho que estavam desenvolvendo perante colegas que enfrentavam o mesmo desafio. O fato de qualquer pessoa poder modificar e/ou apagar os conteúdos que outra pessoa editou pode, também, ter influenciado as respostas a essas questões. Desta forma, considera-se a eventualidade da existência de inibição da utilização de um espaço aberto como os wikis para partilha de conteúdos que, pela sua natureza, possam ser alvo de cópia de ideias. Deverá, portanto, haver cuidado na seleção, por parte dos professores, do tipo de atividades desenvolvidas com recurso aos wikis e sugere-se a organização e a estruturação em seções do wiki e o estabelecimento, de uma forma clara, dos objetivos das atividades e de regras de compromisso com os alunos. Adicionalmente, os resultados revelaram que, no que diz respeito à facilidade de utilização percebida, não se verificou a existência de diferenças significativas entre o grupo de alunos que tem a intenção de elaborar o trabalho de avaliação com o wiki e o grupo de alunos que não o pretende fazer esse uso. Já nos itens que avaliam a utilidade percebida e a atitude para utilizar, pode-se observar que as distribuições relativas aos dois grupos para cada item são significativamente diferentes na maioria dos casos – 71,4% do total dos itens para a utilidade percebida e 50% para atitude para utilizar.

Cabe destacar que este estudo foi levado a cabo com um grupo de alunos da área tecnológica, com conhecimentos sólidos na linguagem HTML, estando, portanto, em uma posição relativamente favorável à aprendizagem na edição de wikis, o que pode ter tido influência nos resultados. Dessa forma, pretende-se, como trabalho futuro, expandir a investigação a uma população de alunos de outras áreas menos tecnológicas e sem conhecimentos prévios de linguagem de edição wikis. Com isso, busca- se comparar os resultados da futura pesquisa com os aqui apresentados e validar, também, a aceitação da tecnologia wiki. Pretende-se, igualmente, promover e divulgar esse meio de divulgação de conteúdos e de conhecimentos junto à comunidade acadêmica no âmbito de algumas atividades pedagógicas, quando essas justificarem a partilha de conhecimentos.

Artigo 6: Usando o Wiki para promover a aprendizagem colaborativa na Educação Estatística

No Wiki, os usuários são escritores, editores e contribuidores, em vez de apenas leitores ou consumidores, e formam conjuntamente uma comunidade de colaboração democrática. A implementação do Wiki nas salas de aula é bastante direta, uma vez que a tecnologia é simples, fácil de usar e de baixo custo. A facilidade de operação e interação torna a Wiki uma ferramenta eficaz para a autoria colaborativa em massa, que pode ser melhor vista em ação através da popular enciclopédia internacional gratuita, Wikipedia (http://wikipedia.org).

Não á limites para inovação na educação, e a colaboração entre estudantes mostra ser importante para o aprendizado, e a utilização ferramentas tecnológicas para contribuição intelectual se destaca em aprendizagem colaborativa. No artigo á uma relação ao uso das paginas Wiki com a educação estatística enfatizado resultados satisfatórios tanto para aluno quanto para o professor. Para este processo os instrutores precisam aprender, entender e acreditar na aprendizagem colaborativa. Eles também precisam estar cientes e usar diretrizes baseadas em pesquisa para estruturar e monitorar grupos. Segundo o autor é raridade edições enganosas ou mal intencionadas, porém o registro no site de comunicação e interação Wiki é importante para evitar tal acontecimento como também conhecimento do editor da página. A Wiki pode oferecer diversas vantagens em uma rede de aprendizagem como ser usado para tarefas de gerenciamento de classe, contribuição de informações, matérias do curso, distribuir programas, adicionar leituras de última hora, fornecer acesso a material suplementar e distribuir links para gráficos, áudio, fotos e vídeos para a comunicação com os estudantes.

“Sabedoria para saber a diferença”