Tipos de Rodovias (Brasil)

Nomenclatura das Rodovias:

De acordo com o Plano Nacional de Viação (PNV),por ser federal, a nomenclatura da rodovia começa com a sigla BR (Brasil), seguida por três algarismos [1]. O primeiro número mostra a categoria da rodovia e os outros dois indicam a posição, de acordo com a orientação geral da rodovia, relativo da Capital Federal e aos limites do país (Regiões Norte, Sul, Leste e Oeste) [2].

Nossas rodovias são separadas em: *Rodovias Radiais *Rodovias longitudinais *Rodovias Transversais *Rodovias Diagonais *Rodovias de Ligação

Rodovias Radiais: São aquelas que tem origem na Capital Federal em direção aos extremos do país. O primeiro algarismo é o 0 (zero) e depois a numeração dessas rodovias pode variar de 05 a 95, segundo a razão numérica 05 e no sentido horário. Nomenclatura: BR-0XX . Exemplo: BR-040, BR-060, BR-070, BR-080.

Rodovias longitudinais São as rodovias que cortam o país na direção Norte-Sul. O primeiro algarismo começa com 1 e depois a numeração varia de 00, no extremo leste do País, a 50, na Capital, e de 50 a 99, no extremo oeste. O número de uma rodovia longitudinal é obtido por interpolação entre 00 e 50, se a rodovia estiver a leste de Brasília, e entre 50 e 99, se estiver a oeste, em função da distância da rodovia ao meridiano da Capital Federal. Nomenclatura: BR-1XX. Exemplos: BR-101, BR-153, BR-174.

Rodovias Transversais São aquelas que cortam o país na direção Leste-Oeste. O primeiro algarismo é o 2, depois o número de uma rodovia transversal é obtido por interpolação, entre 00 e 50, se a rodovia estiver ao norte da Capital, e entre 50 e 99, se estiver ao sul, em função da distância da rodovia ao paralelo de Brasília. Nomenclatura: BR-2XX . Exemplos: BR-230, BR-262, BR-290.

Rodovias Diagonais Apresentam-se em dois modos de orientação: Noroeste-Sudeste e Nordeste-Sudoeste. Primeiro Algarismo é 3 e os algarismos restantes seguem as seguintes regras da Plano Nacional de Viação (PNV): “Diagonais orientadas na direção geral NO-SE: A numeração varia, segundo números pares, de 00, no extremo Nordeste do país, a 50, em Brasília, e de 50 a 98, no extremo Sudoeste. Obtém-se o número da rodovia mediante interpolação entre os limites consignados, em função da distância da rodovia a uma linha com a direção Noroeste-Sudeste, passando pela Capital Federal. Exemplos: BR-304, BR-324, BR-364. Diagonais orientadas na direção geral NE-SO: A numeração varia, segundo números ímpares, de 01, no extremo Noroeste do país, a 51, em Brasília, e de 51 a 99, no extremo Sudeste. Obtém-se o número aproximado da rodovia mediante interpolação entre os limites consignados, em função da distância da rodovia a uma linha com a direção Nordeste-Sudoeste, passando pela Capital Federal. Exemplos: BR-319, BR-365, BR-381” . (Fonte: DNIt - DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRAESTRUTURA DE TRANSPORTES) Nomenclatura: BR-3XX

Rodovias de Ligação Estas possuem qualquer direção, normalmente ligando rodovias federais, ou pelo menos uma rodovia BR a cidades ou pontos importantes, ou ainda a nossas fronteiras internacionais. Nomenclatura: BR-4XX. Exemplos: BR-407 (Piripiri/PI – BR-116/PI e Anagé/PI), BR-470 (Navegantes/SC – Camaquã/RS), BR-488 (BR-116/SP – Santuário Nacional de Aparecida/SP).

Fontes: [1]

https://thenewdoo.wordpress.com/2011/04/15/tipos-de-rodovias-brasileiras-2/ Imagens: http://estradas.com.br/entenda-porque-uma-rodovia-e-br-e-040-e-outra-116/